Mudanças simples que melhoram o funcionamento do cérebro

cérebro
Compartilhe:Share on Facebook24Share on Google+0Share on LinkedIn1Tweet about this on Twitter

Problemas de memória, concentração, agilidade de resposta? A solução para preservar ou melhorar o desempenho do cérebro pode estar em mudanças simples de hábitos.

Tenho recebido muitas mensagens de pessoas me pedindo dicas para manter a capacidade cerebral em alta. Aqui vão seis dicas importantes: dormir bem, beber com moderação, ter alimentação balanceada, praticar atividades físicas, exercitar a cabeça e relaxar estão na pauta.

1) Durma bem
Dormir menos que o necessário ou dormir mal, causa impacto no desempenho intelectual, na memória e na concentração. Um adulto, em média, precisa de sete a oito horas de sono por dia. Mas, dependendo da pessoa, o período pode ser maior ou menor. Para saber a sua necessidade, é só observar quanto dorme sem despertador em um dia de folga. Para um descanso melhor, torne o quarto aconchegante, não o use como ambiente de trabalho e evite ingerir álcool ou cafeína à noite. Se apresentar problemas como insônia e apneia, procure um médico.

2) Beba com moderação
O álcool definitivamente não é um parceiro do cérebro. O álcool em excesso, no caso dos alcoólatras, pode levar até a lesões cerebrais. E quem bebe à noite tem sono de pior qualidade. Portanto, moderação é a palavra-chave e evite beber antes de deitar.

3) Alimentação balanceada
Muito se fala sobre determinada fruta ou hortaliça ser boa para o cérebro. Em minha opinião, é melhor deixar essa ideia de lado. O que realmente traz benefícios para todo o corpo é investir em uma alimentação balanceada, que contenha alimentos de todos os grupos.

4) Atividade física
A atividade física é uma grande aliada. Traz bem-estar, deixa a pessoa menos ansiosa e trabalha condições importantes do cérebro, porque é um exercício mental. Sugiro colocar o corpo em ação ao menos 30 minutos por dia. Vale exercícios leves, como caminhada. Um estudo recente realizado no Reino Unido, diz que a memória de curto prazo melhora 20% ao passear pela natureza ou apenas olhar a imagem de uma paisagem verde. Que tal suar a camisa ao ar livre?

5) Exercite o cérebro
Quanto mais usar o intelecto, melhor, porque mantém o cérebro ativo. Cérebro menos utilizado não tem a mesma agilidade. A sua desenvoltura cai. Até jogos e palavras-cruzadas colaboram. Mantenha-se ativo. Novas idéias surgem quando você é exposto a novas experiências, então saia de sua zona de conforto. Leia novos livros, experimente novos alimentos e conheça novos lugares.

6) Relaxe
O estresse mental, causado pelo acúmulo de funções e correria do dia a dia, prejudica todo o organismo, inclusive o cérebro. Em longo prazo, pode aumentar risco de insônia, depressão e ansiedade. A melhor maneira de driblar o incômodo é buscar o tão necessário relaxamento. Aproveite os dias de descanso para realmente deixar a cabeça longe dos problemas. Faça o que gosta: ioga, dança, natação, caminhada.

Ainda há muito o que entender sobre o cérebro, mas com o que já se sabe podemos dizer uma coisa: ele é o órgão que mais consome energia no corpo todo e precisa de uma ajuda do dono para se manter em forma.

Bom descanso para o seu cérebro! 😉

Abraços e até o próximo post!